Apontamentos iniciais para uma peça baseada num político e na política Um] É possível acreditar num homem? Um homem pode acreditar noutro homem com base só naquilo que ouve e vê? E naquilo que sente? Porque é que isto é em princípio inalcançável? Ontem conheci um homem que podia ter sido outra coia, que diz dele mesmo, que tem duas vidas e sabe que ainda vai viver uma outra terceira vida. É um homem pequeno por fora e muito vasto, enorme por dentro na imensidão das suas emaranhadas paisagens do ser que é e não é. Esse homem é filho de um outro homem, um homem do campo que se tornou um sobredotado. Saiu da terra e trouxe para dentro[…]